Scroll Top

HOME

Unidade com demais trabalhadores e promoção de debates sobre pautas prioritárias marcam a XXII Plenária
08/08/2018

 

Fomentar um novo momento na categoria e barrar a retirada de direitos foram as ideias centrais do terceiro dia da XXII Plenária Nacional da Fenajufe. A mesa que teve como tema “Carreira do PJU e MPU” tratou de pautas prioritárias dos servidores e foi dirigida pelos coordenadores da Federação Marcos Santos, Gláucio Silva e Alisson Silva.

Antes de começar o debate foi dado o informe com o número final de delegados(as) e observadores(as) além de ser realizado a destruição das sobras dos crachás no Plenário. 215 foi o número total de participantes do evento sendo 156 delegados(as) e 46 observadores(as).

O palestrante convidado foi Démerson Dias que falou acerca do avanço da privatização, precarização e desmonte do serviço público e destacou a necessidade de discutir o plano de carreira nesse período nefasto que os trabalhadores do Judiciário vivenciam perante a proposta do atual governo de acabar com o Estado. “Não adianta discutir PCS sem discutir Estado. O Estado está sendo desmontado. A tarefa aqui é outra: olhar pra frente. União é tudo. Não temos mais nada a perder”, finalizou Démerson.

Outros temas pautados foram à unidade e fortalecimento da categoria no planejamento de estratégias diante do novo regime fiscal, congelamento por 20 anos de qualquer investimento e desenvolvimento no âmbito do serviço público além de medidas efetivas contra o sistema de automação nos Tribunais, terceirização, extinção dos cargos no Judiciário, assédio moral e desumanização do trabalho.

 

Fotos: Joana Darc Melo / Valcir Rosa

Taiana Laiz

Imprensa SINDJUFE-BA



 
>>>>>